sábado, 9 de janeiro de 2016

#47 - IMBONDEIROS (Maria Augusta Silva)

Andamos com um arco e uma flor
à roda
dos imbondeiros. Descalços
porque
queremos estar descalços.
Sobe
ao arco a alegria com muitas
cores
dependuradas nos nossos cabelos.
Nada
disto se dissolve em metafísica.
Temos
um arco e uma flor. E isso é que é
divino


Sem comentários:

Publicar um comentário