quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

#28 - IRONIA (António Botto)

Se a noite fosse mais negra,
--Quero dizer, mais sombria!,
Agora que me encontraste
E que me dás o teu braço
Para falarmos, de novo,
No que dissemos, um dia!...
Se a noite fosse mais negra!,
E se as estrelas brilhassem
Com menos intensidade,
Sim, não duvides, eu diria...,
-- Mas não me fites assim!
Diria que és o meu sonho
E a minha realidade.
Mas esta luz que se entorna
Intimida o meu sentir
E fico, mudo, a sofrer...
--Também a gente nunca sabe
Se a verdade no amor
Se deve calar ou dizer.


Sem comentários:

Publicar um comentário