quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

#26 - A UMA OLIVEIRA (Alexandre O'Neill)

Muito antes de Os Lusíadas diz-se que já aqui estavas.

Pré-camoniana,
sazão a sazão,
foste varejada séculos a fio.

O pinho viajou.
tu ficaste.

Ao som bárbaro de um rádio de pilhas,
desdobram toalhas
na tua sombra rala.


Sem comentários:

Publicar um comentário